Saúde em Dia

Movimento Saúde em Dia lança petição pública para plano de recuperação de doentes não Covid

O Movimento Saúde em Dia acaba de lançar uma petição pública e uma campanha de sensibilização aos cidadãos apelando ao poder político para promover a recuperação rápida e eficiente de todos os doentes que ficaram por diagnosticar, tratar ou cuidar durante a pandemia.

Constituído pela Ordem dos Médicos, pela Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares e pela Roche, este Movimento promove no próximo dia 7 de julho uma sessão pública de apresentação de resultados de estudos feitos a doentes, médicos e administradores hospitalares sobre a prestação de cuidados durante a pandemia. Será também apresentada uma análise dos dados assistenciais no Serviço Nacional de Saúde (SNS) no primeiro ano de pandemia, comparando com o ano anterior.

Desta análise, realizada pela MOAI Consulting, fica evidente a redução de consultas e contactos presenciais nos centros de saúde e nos hospitais. Dos dados que serão apresentados no dia 7 de julho, destaca-se:

  • Menos 13,5 milhões de contactos médicos e de enfermagem presenciais nos cuidados de saúde primários (comparando março 2020/fevereiro 2021 com março 2019/fevereiro 2020);
  • Menos 4,5 milhões de contactos de saúde hospitalares (consultas, cirurgias, urgências e internamentos analisados no mesmo período).

A sessão de dia 7 de julho decorre na Ordem dos Médicos e pode ser seguida em direto nos canais de Facebook da Ordem dos Médicos e da APAH, bem como em www.roche.pt e em www.saudeemdia.pt

Consulte o programa da sessão

Para assinar a petição, aceda aqui

Assista ao vídeo da nova campanha de sensibilização do Movimento Saúde em Dia

Termos Legais | Política de Privacidade

©2020 Roche Farmacêutica Química, Lda.